mdarui marcos

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Carros Fusca Ajustando o Ponto do Motor VW Fusca

Ajustando o Ponto do Motor VW Fusca

E-mail Imprimir PDF

Fuscas têm motores antigos, com distribuidor, platinado, estas coisas... Eventualmente, é possível colocar um distribuidor de Kombi, sem platinado, mas permanece a necessidade de manter o motor "no ponto". Isto é feito facilmente, em sua própria casa!

 

 

A receita a seguir, foi colocada no Fórum pelo Alexandre Sousa (Ansousa) e diz, passo a passo, como fazer:

Se o carro está funcionando legal é porque você não errou a ordem dos cabos certo?

O Buggy tem ignição eletrônica ou é convencional com platinado? Na convencional, troque o condensador sem perdão pois não custa nada e não é possível testá-lo e quando está com problemas não é fácil detectar se o defeito é dele ou do resto do sistema de ignição.

VERIFIQUE O PLATINADO

O Platinado está legal? os contatos estão gastos por igual ou tem um mais gasto que o outro? Se tiver, foi pelo defeito do condensador. Se estiver pouco gasto pode lixar os contados com uma lixa bem fina (use lixa d´água - sem água - dobre-a, de modo que fique dois lados da lixa aparecendo, coloque entre os contatos e lixe os dois contatos ao mesmo tempo, com a mola do platinado atuando para os contatos ficarem paralelos.

AJUSTE A FOLGA DO PLATINADO

A folga do platinado está ok? Para ajustar na folga ideal é preciso colocar qualquer um dos cames (são os quatro ressaltos) da árvore do distribuidor na posição em que o platinado fique o mais aberto possível.

Sem desmontar o distribuidor, com a tampa fora, gire o volante do motor ou com o carro em 4a. marcha empurre o carro para frente ou para traz até chegar na posição de abertura máxima.

Com um calibrador de lâminas, coloque 0,4 mm de abertura. A lâmina precisa deslizar entre os contatos do platinado. Na emergência você pode usar um pedaço do papelão da caixa do próprio platinado para colocar a folga.

AJUSTE ESTÁTICO DO PONTO

  1. Coloque o volante do motor com a marca da polia voltada para cima (empurre o carro em 4a. marcha ou gire a polia com cuidado). Olhando de cima, a marcação da polia (pequeno corte em "V"), deve ficar alinhada com a emenda das carcaças do bloco do motor. Nesta posição o rotor deve estar apontando "mais ou menos" para o cabo do cilindro no. 1. e um traço do rotor coincide também com uma ranhura no corpo do distribuidor. OK?
  2. DESENGRENE O CARRO E PUXE O FREIO DE MÃO para que o volante motor NÃO saia da posição.
  3. Com o distribuidor ainda sem a tampa, afrouxe um pouco a porca do parafuso que prende a base do distribuidor, apenas o necessário para que você consiga gira-lo um pouco.
  4. Retire o cabo que entra na bobina.
  5. LIGUE a chave de ignição SÓ PARA ACENDER o painel, certo?
  6. Agora D-E-V-A-G-A-R gire o rotor no sentido HORÁRIO até que o platinado fique completamente fechado - a regulagem anterior do platinado é importante por isso. Se aquela estiver fora, o ponto já começa a ficar fora aqui.
  7. Quando ele ficar todo fechado, novamente D-E-V-A-G-A-R gire no sentido ANTI-HORÁRIO até sair uma centelha entre os contatos do platinado . Vai fazer um barulhinho -click (este o processo de aumento do valor da centelha pela interrupção do condutor que tinha falado). Se você passar dessa posição volte o distribuidor um pouco e faça o movimento de novo D-E-V-A-G-A-R. Quando saltar a centelha PRONTO, está no ponto estático.
  8. Aperte a porca com o cuidado de não tirar do ponto.

AJUSTE DINÂMICO DO PONTO

Para ajustar o PONTO DINÂMICO é necessário montar tudo, tampa cabos, etc. para colocar motor para funcionar.

  1. Com tudo montado, afrouxe novamente a porca de fixação do distribuidor, só o necessário para girar o distribuidor e ligue o motor.
  2. CUIDADO: Agora, com o MOTOR FUNCIONANDO gire D-E-V-A-G-A-R o distribuidor (segura pela base e CUIDADO com a CORREIA) no sentido HORÁRIO até que a rotação DIMINUA um pouco (quanto mais girar neste sentido mais diminuiu a rotação até começar a chocalhar). A partir deste ponto, gire no sentido ANTI-HORÁRIO até que a rotação volte a subir e atinja uma rotação máxima onde, se continuar a girar neste sentido, vai começar a "bater pino". O ponto dinâmico é o ponto em que se obtém o limite rotação sem o início da batida de pino.
    Se você achar que este é ponto, DESLIGUE o motor e aperte a porca do distribuidor.
  3. Para COMPROVAR se este ponto está certo, existe 3 meios:
    1o. Ligue novamente o motor. Ele deve pegar "no estalo" (só não pega no "estalo"se o carburador estiver com problemas e fora da regulagem da mistura e da marcha lenta). NÃO pode girar pesado. Se girar pesado, é porque o ponto está muito adiantado. Afrouxe a porca e dê um toque no giro para o sentido horário. Ligue novamente. Tem que ligar no "estalo".
    2o. Ligue o carro, puxe o freio de mão e tente sair de 3a. soltando a embreagem D-E-V-A-G-A-R até a rotação começar a diminuir quase perto do motor "morrer". NÃO pode ser ouvido nenhum barulho de "batida de pino". Se ouviu, é porque o ponto ainda está um pouco adiantado. Afrouxe a porca e novamente atrase um pouco o ponto.
    3o. É o teste de rua. Ande com o carro e veja se ele está desenvolvendo bem ou está "preso".
OBS: Quanto mais adiantado melhor, no limite máximo de não começar a "bater pino".
O carro "bate pino" quando força o motor, seja na saída de uma ladeira numa subida ou quando andar com o carro em velocidade baixa, e com marcha alta e acelerar rápido para ver se ele está "batendo".
Última atualização em Qua, 16 de Fevereiro de 2011 13:06  

Anuncios


Estatisticas

Membros : 39
Conteúdo : 7
Links da Web : 6
Visualizações de Conteúdo : 52106